Santa Casa retoma os testes da ‘Orelhinha’ e do ‘Olhinho’ em recém-nascidos

Desde o mês passado, entidade voltou a realizar os testes que estavam suspensos ha cerca de dois anos. No próximo mês, teste do ‘Coraçãozinho’ também voltará a ser feito.

30santacasa

 

Depois de quase dois anos sem realizar os testes da ‘Orelhinha’ e do ‘Olhinho’, a Santa Casa de Misericórdia de Descalvado retomou no mês passado a realização dos dois testes em recém-nascidos. O teste do ‘Olhinho’ está sendo feito a partir das primeiras 24 horas de vida até a primeira semana do nascimento da criança. Já o teste da ‘Orelhinha’ é realizado mensalmente na própria Santa Casa de Descalvado. Ambos os testes são previamente agendados, no momento em que mamãe e o bebê recebem a alta hospitalar.

Desde a década de 60, a Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza a importância da realização dos programas populacionais de Triagem Neonatal, especialmente nos países em desenvolvimento, além

de criar critérios para a realização dos mesmos. No Brasil, desde 2001 foi implementado o Programa Nacional de Triagem Neonatal, onde é possível que sejam feitas a detecção – através de testes aplicados – em um grupo de indivíduos com probabilidade elevada de apresentarem determinadas patologias.

Com a implementação do Programa de Triagem Neonatal, houve a necessidade de realização de exames nos recém-nascidos. Assim, preconizou-se que os hospitais de todo o país realizem os testes da ‘Orelhinha’, do ‘Olhinho’ e do ‘Coraçãozinho’.

Com a retomada dos dois primeiros testes, a Santa Casa de Descalvado agora se prepara para voltar a fazer o teste do ‘Coraçãozinho’, programado para acontecer já a partir do mês de julho. A realização do teste havia sido interrompida em virtude da necessidade de manutenção no equipamento, que acaba de ser reparado.

TRIAGEM NEONATAL – A triagem neonatal é uma ação preventiva que permite fazer o diagnóstico de diversas doenças congênitas, assintomáticas no período neonatal, a tempo de se interferir no curso da doença, permitindo, desta forma, a instituição do tratamento precoce específico e a diminuição ou eliminação das seqüelas associadas à cada doença.

A função do teste da ‘Orelhinha’ é a de detectar deficiência auditiva nos bebês recém-nascidos. O teste é feito com equipamento especial que emite sons e verifica a resposta dos ouvidos ao estímulo. É um teste indolor que algumas vezes tem que ser repetido ou complementado. É realizado por um fonoaudiólogo e sua realização se o exame for normal assegura a mãe que o bebê não apresenta deficiência auditiva ao nascer e não por toda a vida.

Já o teste do ‘Olhinho’ consiste na verificação da coloração naturalmente vermelha do fundo do olho do recém-nascido. É um teste rápido que pode ser realizado pelo pediatra na própria Santa Casa, e a sua função é detectar doenças oculares, como a catarata congênita e o retinoblastoma (tipo de tumor ocular), porém o exame não garante que a criança seja cega.

Por fim, o teste do ‘Coraçãozinho’ é uma nova proposta de triagem neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria, para a detecção de cardiopatias congênitas. Através de um equipamento especial (o oxímetro de pulso) e de forma indolor é estimada a concentração de oxigênio no sangue. Alterações podem sugerir doenças cardíacas. Deve ser realizado ainda na maternidade pelo pediatra.

*Da Assessoria Voluntária de Imprensa da Santa Casa de Misericórida de Descalvado

Posted on: 13 de julho de 2017