Santa Casa comemora Dia Internacional da Mulher com mimos e homenagem

Trabalho voluntário das ‘Amigas da Santa Casa’ e do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) permitiu entrega de lembrancinhas para colaboradoras e pacientes

 

Mesmo em meio às restrições impostas pela pandemia do COVID, o Dia Internacional da Mulher não passou em branco na Santa Casa de Descalvado. Além das ações das redes sociais envolvendo as colaboradoras da entidade (vídeo e o projeto ‘Mulheres da Santa Casa’), funcionárias, pacientes e acompanhantes receberam graciosas lembrancinhas compostas de chaveirinhos e lixas (itens singelos, mas, de grande uso pelas mulheres).

O kit entregue na segunda-feira [110 no total], foi carinhosamente confeccionado pelas voluntárias do grupo “Amigas de Descalvado” e pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) que durante todo o ano, atuam como grandes parceiras da entidade em diversas ações.

Junto da lembrancinha, foi entregue também uma mensagem de encorajamento, de respeito, de admiração e de união. “É fato que todos os dias são nossos; mas o dia 08, Dia Internacional da Mulher é um marco histórico na luta do movimento de mulheres pela igualdade de gênero, pelo respeito. Além disso, é uma ocasião importante para que possamos refletir sobre o papel da mulher na sociedade e uma oportunidade de aproximação do hospital com a comunidade”, explicou Michelle Libero, administradora hospitalar.

As funcionárias da Santa Casa/Pronto Socorro também participaram de sorteio de brindes, que foram angariados pela administração.

HOMENAGEM COM SENTIMENTO DE SAUDADES 

O Dia Internacional da Mulher também foi uma oportunidade de prestar homenagem à querida e estimada Dona WALQUÍRIA CERANTOLA VIGATTO, voluntária e ex-membro do grupo “Amigas da Santa Casa”.

Infelizmente Dona Walquíria, aos 80 anos, foi acometida pelo vírus da Covid e, no último dia 18 de fevereiro nos deixou.  Mas, o seu espírito de amor e solidariedade, a sua vivacidade e alegria de viver estarão sempre conosco, seja através do seu dom manual (ela gostava de fazer tricô e bordava excelentemente bem, tanto ponto cruz como em tecido xadrez), seja nas lembranças de amizade, carinho e afeto que nos deixou.

A gestão da Irmandade da Santa Casa, bem como todas as “Amigas da Santa Casa”, são gratas por toda a solidariedade e amor ao próximo ofertados pela Dona Walquíria durante o nosso convívio. Sua dedicação, carinho e empatia com todos, é o legado que a manterá sempre viva em nossas memórias e em nossos corações.

Posted on: 10 de março de 2021